Histórico
 06/08/2006 a 12/08/2006
 30/07/2006 a 05/08/2006
 23/07/2006 a 29/07/2006
 16/07/2006 a 22/07/2006
 09/07/2006 a 15/07/2006
 02/07/2006 a 08/07/2006
 11/06/2006 a 17/06/2006
 04/06/2006 a 10/06/2006
 28/05/2006 a 03/06/2006
 14/05/2006 a 20/05/2006
 07/05/2006 a 13/05/2006
 30/04/2006 a 06/05/2006
 23/04/2006 a 29/04/2006
 09/04/2006 a 15/04/2006
 19/03/2006 a 25/03/2006
 05/03/2006 a 11/03/2006
 26/02/2006 a 04/03/2006
 19/02/2006 a 25/02/2006
 12/02/2006 a 18/02/2006
 05/02/2006 a 11/02/2006


Outros sites
 Site oficial celsobadin.com
 Filme Nossos Mundos
 Filme Entrevista com o Surdo Gay
 Blog do Nilton Camara - Fortaleza


 
Jornal do Surdo
 

Seus Direitos

Amigos Surdos,

Precisamos nos unir para conquistar maiores direitos para as pessoas com a nossa deficiência.

VEJA:
www.camara.gov.br/sileg/integras/324205.htm

O E-MAIL ABAIXO É PARA SER MANDADO PARA O DEPUTADO NELSON PROENÇA, PARA TERMOS DIREITO DE COMPRAR CARRO COM ISENÇÃO DE IMPOSTOS.

MANDE ESTE E-MAIL, PARA
dep.nelsonproenca@camara.gov.br E TAMBÉM PEÇA PARA TODOS OS SEUS AMIGOS SURDOS FAZEREM O MESMO.

Quando mandarem o e-mail para o deputado, mande cópia para Cc:
amigossurdos@gmail.com - Rafael Camargo, para formar uma lista para mantermos contato.


Prezado Deputado,

Nós, da comunidade surda, sentindo-se desprivilegiados por razão da nossa deficiência, temos a urgente necessidade de termos acesso à compra de veículos com isenção de impostos, assim como já é privilégio de outros deficientes e classes.

Tal medida seria capaz de nos trazer uma melhor integração junto a nossa comunidade e à sociedade em geral. A aquisição de veículo facilita nosso cotidiano já tão depravado por nossa deficiência.

Contando com seu empenho, estamos mobilizando a comunidade surda que hoje representa mais de 2 milhões de surdos no Brasil, os quais têm direto interesse na aprovação de tal medida, e conseqüentemente estariam aprovando o governante capaz de por em prática este direito.

Gratos pela atenção, aguardamos um pronto atendimento.


XXXX SEU NOME XXXX
XX CIDADE e ESTADO XX


OBS:
www.orkut.com/Community.aspx?cmm=15417706




Escrito por por Celso Badin às 18h12
[ ] [ envie esta mensagem ]



EDUCAÇÃO

UFSC prorroga inscrição para curso de graduação em letras e Libras
 
  Converter para PDF  Versão para Impressão  Enviar por e-mail

07/08/2006 16h42

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) prorrogou para a próxima segunda-feira, 14, as inscrições para o vestibular do primeiro curso de graduação, a distância, em letras e Língua Brasileira de Sinais (Libras). O curso, coordenado pela UFSC, terá 500 vagas oferecidas em nove pólos de instituições de ensino público federal e estadual, nas cinco regiões do país.

Podem concorrer às vagas alunos que tenham concluído o ensino médio até o dia da matrícula, fluentes em Libras e que atendam a um dos seguintes requisitos: ser instrutor surdo, ser surdo ou ouvinte.

A UFSC oferecerá 60 vagas e, as outras oito instituições, 55 vagas, cada. Participam as universidades federais do Amazonas (Ufam), Ceará (UFCE), Bahia (Ufba), Brasília (UnB), Santa Maria (UFSM), além da Universidade Estadual de São Paulo (USP), Instituto Nacional de Educação de Surdos (Ines) e Centro Federal de Educação Tecnológica de Goiânia (Cefet-GO).

O vestibular será realizado nos nove pólos do consórcio, no dia 27 de agosto, e as aulas estão previstas para iniciar em 15 de setembro. Informações detalhadas do edital e ficha de inscrição estão na página eletrônica da universidade.

Repórter: Ionice Lorenzoni



Escrito por por Celso Badin às 10h10
[ ] [ envie esta mensagem ]



LEGENDA

Propaganda eleitoral deverá ter legenda e tradução para Libras, determina TSE

     Adriana Franzin
Da Agência Brasil


Brasília - O Tribunal Superior Eleitoral aprovou, em sessão administrativa realizada hoje (2), modificações em duas instruções normativas para as eleições gerais de outubro. A partir de agora, é facultativa a divulgação das pesquisas eleitorais e passa a ser obrigatória, na propaganda gratuita dos candidatos, a inclusão de legendas e a tradução para a Língua Brasileira de Sinais (Libras).

"É uma homenagem que se faz à própria Constituição e à legislação que disciplinou o acesso do portador de deficiência aos meios de comunicação", salientou o presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes. A propaganda gratuita no rádio e na televisão começará no dia 15 de agosto e terminará no dia 28 de setembro.

A divulgação das pesquisas eleitorais, que antes era obrigatória, ficará a critério do solicitante, de acordo com a modificação aprovada hoje. "Havia a reclamação de que alguns candidatos encomendavam a pesquisa, não obtinham resultado favorável e ainda assim eram obrigados a divulgar", ressaltou o ministro.

O TSE manteve, no entanto, a obrigatoriedade do registro das pesquisas eleitorais e a instrução pela qual a divulgação de pesquisa fraudulenta é configurada como crime, punível com detenção de seis meses a um ano e multa de R$ 53.205 a R$ 106.410. 




Escrito por por Celso Badin às 10h09
[ ] [ envie esta mensagem ]



LIBRAS

Governo federal pede autorização para divulgar Campanha Prolibras do MEC

Brasília, 07/08/2006 (14h34) - A Subsecretaria de Comunicação Institucional da Presidência da República protocolou, no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), pedido de autorização (PET 2016) para a divulgação da Campanha Prolibras pelo Ministério da Educação. O requerimento será apreciado pelo presidente do TSE, ministro Marco Aurélio (foto).

A campanha divulga o Exame Nacional de Proficiência em Libras e de Certificação de Proficiência em Tradução e Interpretação de Libras/Língua Portuguesa/Libras, com inscrições no período de 21 de agosto a 22 de setembro e provas marcadas para os dias 22 a 24 de outubro.

O material de divulgação do concurso é composto de cartazes e folders que serão distribuídos entre "público específico" da data em que for obtida a autorização até o dia 22 de setembro, informa o subsecretário Luiz Tadeu Rigo no ofício protocolado no TSE.

Na justificativa, ele ressalta que o decreto 5.626/05 estabelece que o exame de proficiência em Libras deve ser promovido anualmente pelo Ministério da Educação e instituições de ensino superior credenciadas, "a fim de garantir a formação de profissionais habilitados em Libras e, assim, contribuir para a eliminação de barreiras na comunicação dos portadores de deficiência".

O subsecretário afirma que a relevância do tema "conduz à grave necessidade de bem informar a respeito do certame, sob pena de, ante a falta de adequada divulgação, prejudicar-se o nível de seleção dos candidatos e o cumprimento da legislação em vigor".

O pedido de autorização tem fundamento no artigo 73, inciso VI, da Lei 9.504/97 e no inciso VI do artigo 36 da Resolução 22.261/06 do TSE, que proíbem aos agentes públicos, servidores ou não, nos três meses que antecedem o pleito, autorizar publicidade institucional dos atos, programas, obras, serviços e campanhas dos órgãos públicos, ou da administração indireta, salvo em caso de grave e urgente necessidade pública, assim reconhecida pela Justiça Eleitoral.

O parágrafo 6º do artigo 36 da Resolução 22.261/06, que trata da propaganda eleitoral do pleito de outubro, estabelece que as exceções às condutas vedadas - como autorização de publicidade institucional - serão analisadas pelo presidente do TSE quando se tratar de órgão ou entidade federal.

RS/AV




Escrito por por Celso Badin às 10h08
[ ] [ envie esta mensagem ]




[ ver mensagens anteriores ]